segunda-feira, 22 de outubro de 2012









CACHORRO

CACHORRO 

Uma velha senhora foi para um safari na África e levou seu velho vira-lata com ela. 

Um dia, caçando borboletas, o velho cão, de repente, deu-se conta de que estava perdido. 

Vagando a esmo, procurando o caminho de volta, o velho cão percebe que um jovem leopardo o viu e caminha em sua direção, com intenção de conseguir um bom almoço.

O cachorro velho pensa:

-'Oh! Estou mesmo enrascado ! Olhou à volta e viu ossos espalhados no chão por perto. Em vez de apavorar-se mais ainda, o velho cão ajeita-se junto ao osso mais próximo, e começa a roê-lo, dando as costas ao predador.

Quando o leopardo estava a ponto de dar o bote, o velho cachorro exclama bem alto :

-Cara, este leopardo estava delicioso ! Será que há outros por aí ?

Ouvindo isso, o jovem leopardo, com um arrepio de terror, suspende seu ataque, já quase começado, e se esgueira na direção das árvores.

-Caramba! pensa o leopardo, essa foi por pouco ! O velho vira-lata quase me pega!

Um macaco, numa árvore ali perto, viu toda a cena e logo imaginou como fazer bom uso do que vira: em troca de proteção para si, informaria ao predador

que o vira-lata não havia comido leopardo algum...

E assim foi, rápido, em direção ao leopardo. Mas o velho cachorro o vê correndo na direção ao predador, em grande velocidade, e pensa:

-Aí tem coisa!

O macaco logo alcança o felino, cochicha-lhe o que interessa e faz um acordo com o leopardo.

O jovem leopardo fica furioso por ter sido feito de bobo, e diz:

-'Aí, macaco! Suba nas minhas costas para você ver o que acontece com aquele cachorro abusado!'

Agora, o velho cachorro vê um leopardo furioso, vindo em sua direção, com um macaco nas costas, e pensa:

-E agora, o que é que eu posso fazer ?

Mas, em vez de correr ( sabe que suas pernas doídas não o levariam

longe), o cachorro senta, mais uma vez dando costas aos agressores, e fazendo de conta que ainda não os viu, e quando estavam perto o bastante para ouvi-lo, o velho cão diz:

-'Cadê o safado daquele macaco? Estou com fome! Eu o mandei buscar outro leopardo para mim! '



Moral da história:

Não mexa com cachorro velho... idade e habilidade se sobrepõem à juventude e intriga. Sabedoria só vem com idade e experiência. 

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Muito lindo!!!


Maria Das Graças Oliveira compartilhou a foto de Destinos que se atraem.

Vestindo a nossa casa


Design & Decoração compartilhou a foto de Ideas magazine.
Vamos vestir a casa?

TIREÓIDE/ TIRÓIDE


TIREÓIDE/ TIRÓIDE 

O que é, o que faz, quais os principais sintomas e os alimentos que ajudam a manter o seu bom funcionamento !

A tireóide é uma glândula em forma de borboleta posicionada sobre a traquéia e logo abaixo da laringe, produz triiodotironina e tiroxina, hormônios que influenciam em quase todas as funções do corpo.

Estes hormônios regulam o metabolismo, o desenvolvimento físico e mental, as funções nervosas e musculares e a circulação. Os hormônios da tireóide também influenciam a ação de outros hormônios; por exemplo, eles intensificam a ação da insulina e a resposta do organismo aos hormônios adrenais que são fundamentais no combate ao estresse.

A tireóide precisa de um nutriente específico, o iodo, para produzir seus hormônios. Tanto o excesso como a carência de iodo podem levar ao mau funcionamento da tireóide. O bócio é uma tireóide de crescimento anormal, característico pelo inchaço da parte inferior do pescoço.

Se a tireóide não estiver funcionando corretamente, ela pode produzir muito hormônio tireoidiano, o que faz com que os sistemas do corpo se acelerem. Tal fenômeno é chamado de “hipertireoidismo”. Ou então pode produzir pouco hormônio tireoidiano, o que faz com que os sistemas do corpo reduzam sua atividade, o que se denomina de “hipotireoidismo”.

O hipotireoidismo não tratado pode gerar sintomas tais como fadiga, ganho de peso, depressão ou intolerância ao frio, além de níveis de colesterol aumentados, doença cardíaca e infertilidade. Sem contar com problemas de memória e concentração. O tratamento muitas vezes requer a reposição hormonal com o uso de tireoxina por toda a vida.

Já no hipertireoidismo as pessoas tendem a ser nervosas e trêmulas. Seu metabolismo é acelerado e elas experimentam uma fome incomum, perda de peso, fraqueza muscular e taquicardia, entre outros sintomas. Elas sentem um calor insuportável e transpiram excessivamente.

O tratamento é voltado para a causa e envolve a redução de produção do hormônio pela ingestão de iodo radioativo ou de medicamento anti-tireodismo ou por cirurgia para remover toda ou parte da tireóide.

Os sintomas mais comuns do hipotireoidismo (caso se enquadre em quaisquer destes, o médico deverá ser consultado):

Pele com aspecto amarelado, seco atrófico;
Diminuição do suor acrescida de perda de pelos e cabelos;
As unhas ficam com maior fragilidade e se tornam assim quebradiças;
Mixedema, em alguns casos ocorre o inchaço generalizado;
Ritmo cardíaco mais lento, pela ausência da tiroxina;
Cansaço, desânimo e fraqueza também estão relacionados com a ausência da tiroxina;
Menor ritmo metabólico;
Maior lentidão e indisposição;
Ganho rápido de peso;
Interrupções da menstruação;
Aumento da sonolência;
Fala lenta;
Sensação de frio;
Ritmo desacelerado do intestino;
Intestino preso;
Prisão de ventre;
Perda de memória.

OBS - A tireóide fica super estimulada, levando mais tarde à sua exaustão, quando há uma ingestão “exagerada” de açúcar, café e de álcool.

-> Para previnir preparamos uma lista com alimentos que consumidos, fortalecem a tireóide...

IMPORTANTE: A dieta para pacientes que apresentam quadro clínico de hipotireoidismo deve ser elaborada e acompanhada por um médico. Uma boa alimentação é fundamental para uma rápida recuperação do doente.

Fonte de magnésio: Alfafa, Amêndoas, Maçãs, Pêssegos, Abacate, Castanha do Pará, Arroz integral, Salsão, Figo, Peixe, Salsa e Uvas!

Fonte de cálcio: Brócolis, Couve flor, Couve manteiga, Semente de gergelim, Lentilha, Semente de girassol, Tahine

Fonte de potássio: Damasco, Banana, Cenoura, Salsa, Ervilhas, Salmão, Sardinha, Espinafre, Cereais integrais

Fonte de iodo: peixes e frutos do mar.

Além do consumo destes alimentos, é recomendada a ingestão de muita água, além de chás e sucos.

Os alimentos citados acima devem fazer parte de uma dieta recomendada por um médico. Uma pessoa com um quadro de hipotireoidismo não deve nunca optar por uma dieta sem orientação médica e nem muito menos ingerir remédios sem prescrição médica.


-----------------------
Apoio:Regional São Paulo da Sociedade Brasileira de Clínica Médica!

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

PURA HIPOCRISIA!!!



PURA HIPOCRISIA!!!

gostei da resposta da Senhora!!

Na fila do supermercado, o caixa diz uma senhora idosa:

- A senhora deveria trazer suas próprias sacolas para as compras, uma vez que sacos de plástico não são amigáveis com o ambiente.

A senhora pediu desculpas e disse:

- Não havia essa onda verde no meu tempo.

O empregado respondeu:

- Esse é exatamente o nosso problema hoje, minha senhora. Sua geração não se preocupou o suficiente com o nosso ambiente.

- Você está certo - responde a velha senhora - nossa geração não se preocupou adequadamente com o ambiente. Naquela época, as garrafas de leite, garrafas de refrigerante e cerveja eram devolvidos à loja. A loja mandava de volta para a fábrica, onde eram lavadas e esterilizadas antes de cada reuso, e eles, os fabricantes de bebidas, usavam as garrafas, umas tantas outras vezes.

Realmente não nos preocupamos com o ambiente no nosso tempo. Subíamos as escadas, porque não havia escadas rolantes nas lojas e nos escritórios. Caminhávamos até o comércio, ao invés de usar o nosso carro de 300 cavalos de potência a cada vez que precisamos ir a dois quarteirões.

Mas você está certo. Nós não nos preocupávamos com o ambiente. Até então, as fraldas de bebês eram lavadas, porque não havia fraldas descartáveis. Roupas secas: a secagem era feita por nós mesmos, não nestas máquinas bamboleantes de 220 volts. A energia solar e eólica é que realmente secavam nossas roupas. Os meninos pequenos usavam as roupas que tinham sido de seus irmãos mais velhos, e não roupas sempre novas.

Mas é verdade: não havia preocupação com o ambiente, naqueles dias. Naquela época só tínhamos somente uma TV ou rádio em casa, e não uma TV em cada quarto. E a TV tinha uma tela do tamanho de um lenço, não um telão do tamanho de um estádio; que depois será descartado como?

Na cozinha, tínhamos que bater tudo com as mãos porque não havia máquinas elétricas, que fazem tudo por nós. Quando embalávamos algo um pouco frágil para o correio, usamos jornal amassado para protegê-lo, não plastico bolha ou pellets de plástico que duram cinco séculos para começar a degradar. Naqueles tempos não se usava um motor a gasolina apenas para cortar a grama, era utilizado um cortador de grama que exigia músculos. O exercício era extraordinário, e não precisava ir a uma academia e usar esteiras que também funcionam a eletricidade.

Mas você tem razão: não havia naquela época preocupação com o ambiente. Bebíamos diretamente da fonte, quando estávamos com sede, em vez de usar copos plásticos e garrafas pet que agora lotam os oceanos. Canetas: recarregávamos com tinta umas tantas vezes ao invés de comprar uma outra. Afiávamos as navalhas, ao invés de jogar fora todos os aparelhos 'descartáveis' e poluentes só porque a lâmina ficou sem corte.

Na verdade, tivemos uma onda verde naquela época. Naqueles dias, as pessoas tomavam o bonde ou ônibus e os meninos iam em suas bicicletas ou a pé para a escola, ao invés de usar a mãe como um serviço de táxi 24 horas. Tínhamos só uma tomada em cada quarto, e não um quadro de tomadas em cada parede para alimentar uma dúzia de aparelhos. E nós não precisávamos de um GPS para receber sinais de satélites a milhas de distância no espaço, só para encontrar a pizzaria mais próxima.

Então, não é risível que a atual geração fale tanto em "meio ambiente", mas não quer abrir mão de nada e não pensa em viver um pouco como na minha época?.

Postagens populares